quarta-feira, 18 de maio de 2016

Notícia sobre reforço do policiamento agrada diretoria da Acic e do Conselho Comunitário de Segurança

Audiência Pública sobre Segurança, foi realizada
em janeiro deste ano (Foto: AscomAcic)
A notícia do reforço do policiamento em Guarus, anunciada pelo Secretário de Segurança Pública, José Mariano Beltrame agradou ao presidente da Associação Comercial e Industrial de Campos, Acic, e do Conselho Comunitário de Segurança, CCS-8 – órgão diretamente ligado a Secretaria de Segurança Pública -, Amaro Ribeiro Gomes. Na nota - veiculada no jornal Folha da Manhã, desta quarta-feira, 18 de maio -, o secretário informou que Guarus contará com a implementação de um novo modelo de companhia destacada.
- Ficamos felizes com essa notícia uma vez que o aumento do efetivo irá proporcionar aos comerciantes e moradores tanto de Guarus como do Centro, mais segurança policial, ressaltou Amaro.
Índices de violência em Guarus e Centro sempre foram debatidas
nas reuniões do Conselho Comunitário de Segurança.
(Foto: AscomAcic)
O sentimento do dever cumprido foi compartilhado por todos os diretores da Associação Comercial, uma vez que, no início do mês de janeiro, a Acic havia realizado uma Audiência Pública sobre segurança, e abordou o problema dos índices de violência registrados em Guarus, os constantes arrombamentos nas lojas comerciais do centro da cidade, e a luta pela permanência do 56º Batalhão de Infantaria, em Campos.
Em reuniões do Conselho Comunitário de Segurança, a questão dos índices e registros de violência em Guarus também foi amplamente debatido e cobranças foram efetuadas ao Comandante do 8º BPM no sentido de atuar com mais rigor no policiamento ostensivo e preventivo nas duas regiões, Centro e Guarus.
Sobre os índices de violência crescentes na cidade, a Associação Comercial e Industrial de Campos, chegou a enviar ofícios ao Governo do Estado, ao Secretário de Segurança e aos deputados estaduais solicitando a implantação de um Quartel da PM em Guarus, uma vez que esta região da cidade vem tendo uma demanda crescente por conta do excessivo número de registros policiais.
- O aumento do efetivo em nossa cidade, é de certa forma, uma solução paliativa. Mesmo assim, isso fará com que o policiamento e a vigilância da PM sejam executadas de forma mais eficiente, e queremos crer que essas ações diminuam os índices de violência, em nossa cidade, concluiu Amaro.

Ascom ACIC
Data:18/05/2016

Foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário